A maldição do útero

Como esse ano a maldição do útero está reinando mais do que nunca, vários de nossos amigos estão casando, noivos, namorando ou assumindo sua verdadeira tendência (estes que vagam na esperança de obter um).

Em meio desse desespero, uma luz. Bem, solução não há. Assim sempre foi e provavelmente sempre será.

Vem, como sempre, o Profeta Paulão da Banda Velhas Virgens, aproveitando o show que no ultimo sábado a banda realizou no Rio de janeiro, bem como o lançamento do novo cd, "Ninguém Beija como as Lésbicas" trazer uma dramatização desse momento tão difícil.



dedico essa musica, em nome do dia Internacional da Mulher, malditas portadoras do útero amaldiçoado, levando o desespero de milhões de homens ao redor do globo, "A ultima partida de bilhar".

Essa emocionante canção narra um homem, que desistiu da vida e optou por sossegar.
A moral da história é que o Mal sempre vence no final.

Para quem nunca tinha visto uma música mais séria dos Velhas, existem outras tão maneiras quanto.



Não é coincidência que falam :

"Sua hora vai chegar" Para morte e pro casamento.

PS: Tu não achou que eu REALMENTE ia homenagiar as mulheres né?

2 comentários:

Jones disse...

Feliz dia da Mulher, pras que gostam de apanhar!
:D

VaMpiRe disse...

UIAuiAUIau só as normais