Sensualidade e Delicadesa

Toda a sensualidade e delicadesa das modelos sendo colocada em prática.

Veja a graça e elegância dessa modelo.



Parece um pato se preparando para voar.
Pato nada, anda e voa, mas não faz porra nenhuma direito.

Its friday! Fun Fun!


Méu déus, abusaram agora! hahaha Internet é um caça talentos de depravados e perturbados mentais.

Too epic not to post...

Wut???

Ainda faço isso...

WAT???

Para quem gosta de gatos...

Heartless reply

LMAO

Gears of War

Matéria original

LEGO Lancer Assault Rifle

Rafinha bastos Afastado


Eu já falei e volto a repetir, Brasil quer mas não está preparado para liberdade de expressão.

Nunca vi censurados quererem censurar...

-

Original





Rafinha Bastos está temporariamente fora da bancada do CQC (Band) a partir desta segunda-feira (3/10). A informação é da colunista Monica Bergamo (Folha de S.Paulo).

O motivo é um comentário sobre a cantora Wanessa Camargo durante o programa exibido no dia 19 de setembro. "Que bonitinha que está a Wanessa Camargo grávida", disse Marcelo Tas. "Eu comeria ela e o bebê", afirmou Bastos. Marco Luque, terceiro integrante da bancada do CQC, sorriu.


Na sexta-feira (30/9), onze dias após o ocorrido, Luque enviou uma nota de repúdio para a imprensa. "Sobre a piada feita pelo Rafinha Bastos, no programa CQC que foi ao ar no dia 19 de setembro, eu, como pai, entendo e apoio a revolta e a indignação do Marcus Buaiz, um homem que conheço e respeito. Se fizessem uma piada com este contexto sobre a minha família, certamente ficaria ofendido. Com certeza uma piada idiota e de muito mau gosto".


Luque é garoto-propaganda da operadora de celular Claro, ao lado do ex-jogador Ronaldo - que por sua vez é sócio de Marcus Buaiz, marido de Wanessa, na agência de marketing esportivo 9ine.



No sábado (1/10), a revista Veja São Paulo chegou às bancas estampando Bastos em sua capa: "o novo rei da baixaria".



Segundo a reportagem, Hélio Vargas, diretor artístico e de programação da Band, ligou pessoalmente para Buaiz para se desculpar. "A emissora não gostou da piada e ainda está avaliando um possível afastamento dele do programa", afirma o executivo. Tas condenou o colega de bancada para a revista. "Acho que o CQC precisa superar a adolescência, passar dessa fase de rebeldia sem causa".


Surpreendentemente, o intérprete de Ernesto Varela condena a rebeldia. Ele, que um dia encarnou o fictício jornalista que não tinha medo de fazer perguntas incômodas para políticos. "Muitas pessoas não gostam do senhor, dizem que o senhor é corrupto. É verdade isso, deputado?", perguntou para Paulo Maluf na década de 80.


A suspensão de Bastos, e um provável afastamento definitivo do CQC, pode parecer apenas uma punição para um comentário infeliz e lamentável (é bom ressaltar minha posição). É preciso cuidado antes da análise eufórica. Calar ou domesticar humoristas, exigindo pedidos de desculpas ou pressionando para seu afastamento, pode ser perigoso em um país desacostumado com a democracia em mais de um século de República.


Para a Veja São Paulo, os humoristas se defendem com "o velho discurso da liberdade de expressão". Só quem ignora a História pode acreditar que um princípio tão caro seja arcaico.

-

Oficial Rafinha substituído.